Francisco Estevam: mãos que levam alívio e cura para o corpo

Por Edson Viana, Jornalista

Funcionários do Poder Judiciário estadual têm à disposição uma grande aliada para acabar com o estresse. “A massoterapia é uma técnica que ajuda no tratamento de doenças, combate o estresse e alivia dores musculares”, explica  Francisco Estevam, que é cego. Ele é massoterapeuta há três anos e desde agosto último vem atendendo servidores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), às quintas-feiras, no horário das 9h às 17h.

A proposta é levar qualidade de vida aos funcionários da Justiça que, muitas vezes, já estão acostumados a uma rotina de trabalho exaustiva e nem percebem o quanto isso pode ser danoso à saúde. “Percebo o nível de estresse da pessoa pela respiração dela. E muitas chegam aqui se queixando de dores, mas na verdade é só estresse. Agora, o importante não é como a pessoa chega, e sim, como ela sai. E sai leve, com a sensação agradável de alívio”, revela.

A servidora Regina Façanha, do Setor de Digitalização do Tribunal, fez uma vez e gostou tanto que agora pensa em contratar Estevam para fazer em casa. “Gostei muito. A sensação com a qual saí de lá foi inesquecível. Pena que seja só uma vez por semana porque o ideal pra mim seria duas ou três vezes, pois acumulo muita tensão na região dos ombros e cervical porque passo o dia inteiro trabalhando sentada”, explicou a funcionária que há 39 anos atua no Tribunal.
Sobre o trabalho que realiza, Estevam disse que é gratificante. ”Eu me sinto bem. É gratificante saber que contribuo para o bem-estar das pessoas”. Ele fez um curso de seis meses para aprender as técnicas da massoterapia, que inclui vários de tipos de massagens, como a sueca, a reflexologia e a redutora. “O cliente é quem escolhe”, avisa.
A terapia é disponibilizada para magistrados, servidores efetivos, comissionados, terceirizados e estagiários. O profissional cobra R$ 10,00 por 15 minutos de massagem. Atualmente ele atende a uma média de oito pessoas por dia, mas já chegou a atender 16.
A atividade faz parte do projeto “Visão nas Mãos” da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Fortaleza, em parceria com o TJCE. Segundo a responsável pelo projeto, Lara Carvalho, “a iniciativa busca apoiar 45 massoterapeutas com deficiência visual, por meio de disponibilização de espaços públicos para que eles possam desempenhar o trabalho”. O serviço também está sendo oferecido no Fórum Clóvis Beviláqua, Regional IV e Mercado Central, entre outros órgãos.

OUTROS LOCAIS DE ATENDIMENTO
Estevam também realiza atendimento na Associação dos Cegos do Estado do Ceará (bairro Farias Brito). Lá, o valor da sessão é de R$ 25,00. Também pode atender em sua própria residência (Parque Potira) ou em domicílio. “Dependendo de quantas sessões a pessoa quer, eu faço um pacote e posso dar um desconto”, informa.

MÚSICA NA ALMA
Paralelamente a esse trabalho Estevam tem um hobby que é sua verdadeira paixão: a música, especificamente o Forró Pé de Serra. “Não é querendo desmerecer ninguém, mas a verdadeira música é o Forró Pé de Serra”, afirma com convicção este homem de 52 anos que é natural de Mombaça, mas que mora em Fortaleza desde os 31.
Para ele, a música é fundamental porque “afasta a tristeza e traz motivação, alegria, felicidade”. Além de tocar sanfona e triângulo, Estevam também canta, e faz apresentações com mais dois companheiros. Autodidata, aprendeu a tocar sanfona de 48 Baixos, seu instrumento preferido, ainda garoto. “Essa sanfona é uma raridade. eu tinha uma, mas com o tempo se acabou. Estou tentando comprar outra e não encontro. Se você souber me avisa”, disse.

SERVIÇO
Interessados em contratar o profissional podem ligar para: (85) 99626.4745 ou (85) 986307234
Associação dos Cegos do Estado do Ceará -rua Odilon Soares, nº 39 – bairro Farias Brito – (85) 3281.6182

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *