Artesã cria bonecas inclusivas para promover representatividade

Ela criou bonecos de pano com o objetivo de trazer a discussão para a infância

A artesã Cristiane Mendonça faz bonecas de pano, com cabelos de fio e que vão sujando à medida que a infância vai chegando ao fim. Feitas à mão, todas as bonecas têm características únicas e trazem uma discussão importante e pouca frequente durante a infância: a repesentatividade.

Tudo começou após o pedido de sua amiga. A mãe lhe pediu que produzisse um boneco parecido com o seu filho, que tem Síndrome de Down. Ao entregar a encomenda pessoalmente, Cristiane levou junto sua filha, Sofia. Quando chegou lá, percebeu que Sofia não parava de olhar para o menino porque até então nunca tinha encontrado uma criança com Síndrome de Down.

A partir desse momento, Cristiane percebeu que seu artesanato poderia trazer outros benefícios, como o tema da inclusão. Pouco depois, a artesã lançou uma coleção chamada “Amigos da Inclusão”. Os bonecos retratam crianças com algum tipo de deficiência, como a motora, visual e auditiva. Há desde meninos e meninas cadeirantes, cegos, albinos, amputados e com alopecia (perda de cabelo) até crianças com vitiligo (doença autoimune que provoca a descoloração da pele).

As bonecas podem ser compradas no bottegadasartes.com.br.

Fonte: http://observatorio3setor.org.br/noticias/artesa-cria-bonecas-inclusivas-para-promover-representatividade/